Interessante

O que é tom na arte?

O que é tom na arte?

Na arte, o termo "tom" descreve a qualidade da cor. Tem a ver com a percepção de uma cor quente ou fria, brilhante ou opaca, clara ou escura e pura ou "suja". O tom de uma obra de arte pode ter uma variedade de efeitos, desde definir o clima até adicionar ênfase.

Você provavelmente já ouviu a frase "diminuir o tom". Na arte, isso significa tornar uma cor (ou um esquema geral de cores) menos vibrante. Por outro lado, "tonificar" pode significar que as cores saiam de uma peça, às vezes em um grau bastante surpreendente. No entanto, o tom da arte vai muito além dessa analogia simples.

Tom e valor na arte

"Tom" é outra palavra para "valor", que é um dos elementos principais do art. Às vezes usamos a frasevalor tonal, Apesarsombra também pode ser usado. Não importa como você chama, todos significam a mesma coisa: a luminosidade ou a escuridão de uma cor.

Uma variedade de tons é encontrada em tudo ao nosso redor. O céu, por exemplo, não é uma sombra sólida de azul. Em vez disso, é uma variedade de tons de azul que formam um gradiente do claro ao escuro.

Mesmo um objeto de cor sólida, como um sofá de couro marrom, terá tons quando o pintarmos ou fotografarmos. Nesse caso, os tons são criados pela maneira como a luz cai sobre o objeto. As sombras e os destaques dão dimensão, mesmo que seja uma cor uniforme na realidade.

Tom Global versus Local

Na arte, uma pintura pode ter um tom geral - chamamos isso de "tom global". Por exemplo, uma paisagem alegre pode ter um tom global vibrante e uma paisagem sombria pode ter um tom global sombrio. Esse tipo específico de tom pode definir o clima da peça e transmitir uma mensagem geral ao espectador. É uma das ferramentas que os artistas usam para nos dizer o que querem que sintamos quando olhamos para o trabalho deles.

Da mesma forma, os artistas também usam "tom local". Este é um tom que abrange uma área específica dentro de uma obra de arte. Por exemplo, você pode ver uma pintura de um porto em uma noite de tempestade. No geral, pode ter um tom global sombrio, mas o artista pode optar por adicionar luz na área de um barco como se as nuvens estivessem clareando logo acima. Essa área teria um tom claro localizado e pode dar à peça uma sensação romântica.

Como ver o tom em cores

A maneira mais fácil de visualizar uma variação no tom é pensar em diferentes tons de cinza. Indo dos pretos mais profundos aos brancos mais brilhantes, você pode variar a intensidade a cada passo à medida que se move pela escala de cinza.

Uma fotografia em preto e branco, por exemplo, nada mais é do que uma variedade de tons; os mais bem-sucedidos têm uma gama completa, o que acrescenta interesse visual. Sem o contraste entre pretos e brancos com vários tons de cinza no meio, a imagem é opaca e "turva".

Quando transformamos nossos pensamentos em cores, o mesmo exercício pode ser feito. Cada cor pode ter uma variedade infinita de tons, mas pode ser difícil perceber isso porque a cor nos distrai. Para ver os valores tonais das cores, podemos tirar a tonalidade, deixando-nos apenas valores cinzas.

Antes dos computadores, tínhamos que usar uma série de filtros monocromáticos para remover a tonalidade de coisas como pigmentos de tinta. No entanto, hoje em dia é muito mais simples: basta tirar uma foto de um objeto com uma única cor, como uma folha verde. Coloque isso em qualquer aplicativo de edição de fotos e desature-o ou use um filtro em preto e branco.

A imagem resultante mostrará a grande variedade de tons disponíveis nessa cor. Você pode até se surpreender com quantos tons vê em algo que considerava monocromático.